Flist

Neste final de semana ocorre a décima edição da FLIST, Festa Literária de Santa Tereza.

A FLIST é organizada pelo Centro Educacional Anísio Teixeira – CEAT, tradicional escola em Santa Teresa, que desenvolve um trabalho voltado às artes e às humanidades. Para o CEAT, a leitura é instrumento de construção da cidadania e de empoderamento das pessoas, por isso, a leitura literária faz parte do currículo de crianças e de adolescentes, bem como da formação permanente dos profissionais da escola. Com a realização de uma festa literária gratuita e aberta ao público, durante dois dias em Santa Teresa, histórico bairro da cidade do Rio de Janeiro, o CEAT pretende contribuir para o fortalecimento de uma sociedade mais igualitária. A literatura é forte instrumento de consciência política e social nesse processo, em que diferentes atores e instituições da sociedade precisam valorizar a arte e promover sua disseminação.
Foram centenas de profissionais que se apresentaram nas edições anteriores da FLIST (escritores, ilustradores, editores, professores, pesquisadores, livreiros, bibliotecários, mediadores de leitura, contadores de histórias, artistas plásticos, músicos, atores, artesãos, bordadeiras, cozinheiras, costureiras, bonequeiros, cordelistas etc). E ainda alunos, professores e funcionários do CEAT. Centenas de atividades voltadas ao livro, à leitura e à literatura, em diálogo com outras manifestações artísticas e com outras linguagens.
Foram centenas de parcerias, públicas (FUNARTE, Secretaria Municipal de Cultura, RioTur e Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro) e privadas (Fundação Cultural Casa Lygia Bojunga, Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, editoras, livrarias, Instituto C&A, Amesanta, restaurantes de Santa Teresa, Chave Mestra, e outras instituições).
Foram dezenas de tributos prestados a artistas, a exemplo de Darcy Ribeiro, Luiz Gonzaga, Nelson Rodrigues, Vinicius de Moraes, Jorge Amado, Ariano Suassuna, Noel Rosa, Jamelão, Rubem Braga, Dorival Caymmi, Tom Jobim, Violeta Parra, Cássia Eller e outros. E milhares de pessoas beneficiadas com atrativos artísticos e culturais. Desde 2015, o CEAT integrou um conceito de alimentação orgânica à programação da FLIST, com a parceria de produtores locais que valorizam o cultivo e o fazer comida artesanal e cuidadoso.
Confira um resumo das edições anteriores, com os autores homenageados, a quantidade de artistas que se apresentaram e o público estimado:

2009: Lygia Bojunga, 70 artistas se apresentaram, 5.000 pessoas visitantes
2010: Manoel de Barros, 70 artistas se apresentaram, 12.000 pessoas visitantes
2011: Bartolomeu Campos de Queirós, 120 artistas se apresentaram, 18.000 pessoas visitantes
2012: Ana Maria Machado, 120 artistas se apresentaram, 18.000 pessoas visitantes
2013: Joel Rufino dos Santos, 160 artistas se apresentaram, 20.000 pessoas visitantes
2014: Marina Colasanti & Ziraldo, 220 artistas se apresentaram, 20.000 pessoas visitantes
2015: Ferreira Gullar & Roger Mello, 170 artistas se apresentaram, 20.000 pessoas visitantes
2016: André Neves & Nei Lopes, 160 artistas se apresentaram, 20.000 pessoas visitantes
2017: Conceição Evaristo & Graça Lima, 160 artistas se apresentaram, 15.000 pessoas visitantes

A FLIST

Em 2018, a FLIST vai homenagear a ilustradora e escritora Ciça Fittipaldi, natural de São Paulo, professora da Universidade Federal de Goiás. Ciça possui dezenas de livros publicados, traduzidos e premiados. Na coleção Série Morená, ela retrata as culturas indígenas como fruto de suas pesquisas e residências com diferentes povos nativos. São 8 livros dedicados a histórias e também informações dos povos: Kamaiurá, Nambiquara, Bororo, Karajá, Saterê-mauê, Tukano, Yanomami, Macuxi, Taurepang e Arecuna. Uma preciosidade em tempos em que comunidades indígenas nativas são dizimadas e estão ameaçadas de extinção.
Ciça também ilustra cenas de culturas africanas, com domínio de expressões genuínas pesquisadas e elaboradas para figurar em livros destinados às crianças e aos jovens. Ela é a ilustradora indicada ao maior prêmio internacional de literatura infantil do mundo: o Hans Christian Andersen.

O CEAT vai prestar tributos aos:
110 anos de Guimarães Rosa
100 anos de Nelson Mandela
50 anos do movimento artístico, cultural, político e social de 1968, com destaque para a Tropicália, o Teatro de Opinião e a Poesia Concreta.
Os 130 anos da abolição da escravatura, os 50 anos do assassinato do ativista norte-americano Martin Luther King Jr e o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco estarão também na pauta de abordagens e de debates.

A programação da FLIST 2018 traz como destaques: a presença de Ciça Fittipaldi, uma mesa de debates sobre a arte como sobrevivência (relatos de pessoas que sobreviveram e/ou trabalham com isso); a literatura do Ceará e de Pernambuco (diferentes autores desses estados estarão); mesa de debates sobre histórias feministas e histórias da mulher; performances de ilustrações, contações e leituras de histórias para crianças; espetáculos de música, teatro, dança etc.

O CEAT

Uma das iniciativas do CEAT é a Festa Literária de Santa Teresa – FLIST, que conta com o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro. A Secretaria Municipal de Cultura é nossa parceira desde a primeira edição. E contamos ainda com parcerias da Riotur, Secretaria Municipal de Educação, editoras e livrarias. A realização da FLIST é uma importante estratégia de incentivo à leitura e uma proposta de reflexão sobre a formação do leitor e as práticas leitoras na contemporaneidade. Nas edições da FLIST consagramos autores e propomos atividades leitoras interdisciplinares. Em 2017, homenageamos as mulheres: a escritora Conceição Evaristo e a ilustradora Graça Lima. E prestamos tributos aos 100 anos de Violeta parra, aos 90 anos de Tom Jobim e aos 55 anos de Cássia Eller. Além da programação no Parque das Ruínas, visite outros locais do bairro, com um circuito cultural e gastronômico de dar água na boca! Queremos compartilhar com o grande público uma programação variada com palestras, exposições, oficinas e apresentações. Estão todos convidados a se apaixonarem pela Literatura!

Parcerias 2018 | Sábado | 14 de abril
Parceiros do CEAT, apresentam uma programação cultural.

Livraria Largo das Letras
Rua Almirante Alexandrino, 501, Largo dos Guimarães
15h: Performance de ilustração: Luciana Peralva (ilustradora)
Bate-papo literário: Pepita Sampaio (escritora)
Autógrafos de livros com as autoras

Escadaria André Cavalcante
(Perto do Restaurante Espírito Santa)
14h: Cordel Leandrino (apresentação de cordel)
Edmilson Santini e Severino Honorato (cordelistas)

Circuito cultural-gastronômico AMESANTA

Alda Maria Doces Portugueses (Museu do Doce)
Rua Almirante Alexandrino 1116, fone 22321320
www.aldamaria.com.br
Doces e sobremesas Portuguesas
15h: Contadores de Histórias
Atividade: Histórias que vem de lá
Integrantes do grupo Mosaicando histórias:
Regina Abrunhosa, Mariana Tocantins, Tetê Magalhães e Cristina Pizzotti

Espírito Santa
Almirante Alexandrino 264, fone: 25074840
www.espiritosanta.com.br @espiritosanta
Cozinha Brasileira com produtos da Amazônia
19h: Sarau de sabores (recital de literatura e gastronomia)
Ismar Barbosa, Ninfa Parreiras e Pepita Sampaio (autores)

Maloca Carioca
Pascoal Carlos Magno 103B, fone: 31743597
@malocacarioca
16h: A palavra poética
Sarau de poesia com escritores cariocas convidados
Anfitrião: Thassio Ferreira (escritor)

Sobrenatural
Rua Almirante Alexandrino 432, fone: 22241003
www.restaurantesobrenatural.com.br
Cozinha de Peixes e frutos do Mar
15h: Contos e poemas
Cris Furtado e Tania Pessanha (contadoras de histórias)

Parcerias 2018 | Domingo | 15 de abril
Parceiros do CEAT, apresentam uma programação cultural.

Livraria Largo das Letras
Rua Almirante Alexandrino, 501, Largo dos Guimarães
14h: Performance de ilustração: Agostinho Ornellas (ilustrador) | Caldeirão de histórias: Maria Elaine Altoe (escritora)
Autógrafos de livros com os autores
16h: Leitura de Grande Sertão: Veredas (de Guimarães Rosa) | Mediação: Dilia Gouveia

Escadaria André Cavalcante
(Perto do Restaurante Espírito Santa)
14h: Coletivo Caneta Preta de Poesia- CCPP (apresentação de poesia marginal)
Cadu Poppe, Doisn, KG Bahia, Ícaro, Loce, Migué, Fadel (MCs)
Circuito cultural-gastronômico AMESANTA

Café do Alto
Pascoal Carlos Magno 143, fone: 25073172
www.cafedoalto.com.br @cafedoalto
Cozinha Nordestina
16h: Cordel, prosa & poesia
Sarau com literatura de cordel nordestina e repente
Anfitrião: Jorge Pereira (escritor pernambucano)

Espírito Santa
Almirante Alexandrino 264, fone: 25074840
www.espiritosanta.com.br @espiritosanta
Cozinha Brasileira com produtos da Amazônia
19h: Intervenção poética, Grupo Quebrando o silêncio (cidade de Goiás, GO)
Margareth Bueno, Milena Curado, Rosa Santana (bordadeiras de versos)

Triba’s Pizzas
Rua Pascoal Carlos Magno 109, fone: 36896609
@tribaspizzas
Pizzaria
18h: Uma história sobre veganismo
José Matos (contador de histórias)

Circuito gastronômico

Os restaurantes de Santa Teresa, parceiros do CEAT, criaram um prato especial em homenagem a Ciça Fittipaldi, Guimarães Rosa ou Nelson Mandela

Alda Maria Doces Portugueses
Rua Almirante Alexandrino 1116, tel 22321320
Prato: Tributo a Guimarães Rosa: “Toucinho do Céu”, R$ 15,00

Adega do Pimenta
Rua Almirante Alexandrino 296, tel 22247554
Prato: Joelho Grelhado com batatas coradas.
R$69,90, serve bem 2 pessoas

Café do Alto
Rua Pascoal Carlos Magno, 143, tel 25073172
Prato: Tributo à Guimarães Rosa: “Frango com Quiabo” e “Feijão Tropeiro” R$40,00

Espírito Santa
Rua Almirante Alexandrino 264, tel 25074840
Pratos:
Tributo a Nelson Mandela: “AXÉ” – sinfonia de comidinhas afro-brasileiras
R$ 42,00
Homenagem a Ciça Fittipaldi: “Cuia da Floresta” – farofa de farinha de mandioca de Bragança-PA com nacos de peixe fresco e seco, banana pacovão e temperos da Floresta Amazônica R$ 35,00

Maloca Carioca
Rua Pascoal Carlos Magno, 103 B, tel 31943597
Prato: Tributo a Guimarães Rosa
Batata Rostie com recheio de carne seca e requeijão cremoso

Sobrenatural
Rua Almirante Alexandrino, 432, tel 22241003
Prato: Tributo a Nelson Mandela: “Bobó de Camarão”

Triba’s Pizzas
Rua Pascoal Carlos Magno 109, tel 36896609
Prato: Tributo a Madiba, como era carinhosamente chamado Nelson Mandela.
É uma releitura vegetariana de seu prato favorito, o Bobotie: alho poró crocante com queijo da casa, aromatizado com raspas de limão siciliano e servido com nachos de massa batata doce e linhaça
R$22,00

Serviço

X FLIST
Festa Literária de Santa Tereza
Parque das Ruínas

Rua Murtinho Nobre, 169, Sta. Tereza

Dias 14/04 (sábado) e 15/04 (domingo), das 10h as 18h.
GRÁTIS